AGORA

Coragem e Desafios: Até onde elas podem nos levar?!

fisica-teorica (1)

Diante de toda essa revolução cultural, tecnológica e até mesmo ideológica em que vivemos é preciso refletir sobre nosso papel desde a nossa família, cidade, escola, faculdade/universidade e até mesmo a nível de nação. Assim, acabei por ingressar na Universidade e tomar novos rumos em minha profissional e pessoal.

“contudo é necessário que estejamos dispostos a arriscar e enfrentar destemidamente tudo isso”

Sendo assim, dada essa oportunidade de poder estar aqui falando um pouco a todos vocês que têm acesso à esta página da nossa Querida e amada Jucuruçu um pouco de como é essa nova “realidade” a qual estou submetido. Dada a distância da minha amada família, têm sido relativamente difícil todo este momento que tenho passado só, ausentando-me muitas vezes de momentos especiais, contudo é necessário que estejamos dispostos a arriscar e enfrentar destemidamente tudo isso que “coloca-se como obstáculo” para a realização de nossos sonhos coisa que tanto almejamos. Pois bem, desde muito novo sempre quis ser um cientista sem saber ao certo o que o mesmo pode fazer, influência esta oriunda do seriado O Mundo de Beakman e, hoje estou aqui cursando o Bacharel em Física e aí surge uma pergunta que sempre as pessoas costumam me fazer: o que um Físico faz? Costumo responder é mais fácil falar-lhes o que um Físico não faz! Desde o tratamento de Câncer no que diz respeito à dosimetria clínica até o avanço tecnológico que é tão visível à todos, há sempre um pesquisador da Física e de outras áreas trabalhando.

Atualidades:

“será que tudo isso é realmente necessário para que o homem viva bem em sociedade respeitando ao seu semelhante?!”

E, por falar em atualidades o que podemos esperar para os próximos anos além de computadores com maior capacidade de processamento e televisores com mais qualidade de imagem? Diria a vocês que certamente ficaremos mais uma vez surpreendidos principalmente se uma das pesquisas desenvolvidas aqui acerca de Monopolos Magnéticos obtiver os resultados desejados poderemos esperar coisas muito “espantosas” como corrente magnética ao invés de corrente elétrica a qual todos conhecemos em nosso cotidiano, dentre as quais posso citar miniaturização de circuitos e por consequência equipamentos eletrônicos muito menores, porém mais ágeis e precisos nas suas tarefadas pré-determinadas, onde esses produtos podem ser desde celulares, computadores, televisores e o mais surpreendente com preços menores que o esperado. Aí fica a pergunta no ar onde chegaremos com toda essa revolução tecnológica e científica? E a melhor de todas será que tudo isso é realmente necessário para que o homem viva bem em sociedade respeitando ao seu semelhante?!

italoPor  Ítalo Araújo, 22, estudante de Física pela Universidade Federal de Viçosa,  Minas Gerais.

 

About Alves José

Redator e editor no site Jucuruçu Online | www.jucurucuonline.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

<script> (function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','//www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-45562157-1', 'auto'); ga('send', 'pageview'); </script>